Loading
ago 16, 2017

Cortinas

A roupa de uma residência.

 

A alma do projeto está nos detalhes, eles transformam a experiência de morar e criam identidade ao ambiente. Há elementos que vão além de meros ornamentos, possuem também funções importantíssimas para o pleno funcionamento da residência e conferem conforto aos cômodos, é o caso das cortinas.

Elas são os elementos que vestem a residência, limitam a luminosidade externa, dão privacidade e consequentemente ajudam a manter o equilíbrio térmico dentro de ambientes, investir em cortinas é investir em bem estar e hoje no blog daremos dicas para ajudar você a escolher este item tão importante que nós somos simplesmente apaixonados!

A imagem pode conter: pessoas sentadas, mesa e área interna
Projeto Black Mirror
Foto: Gustavo Awad

Escolha a melhor forma de fixação

Há essencialmente duas formas de fixar cortinas: trilhos ou varões.

O varão é, geralmente, um elemento não tão delicado, então seu uso é aconselhado para ambientes com essência mais rústica.

Cortinas com pompons …

Fonte:http://www.diycore.com.br/

Em nossos projetos costumamos embutir os trilhos da cortina dentro do forro de gesso para que fiquem totalmente escondidos, em alguns casos adicionamos até mesmo fitas de led neste forro para criar uma iluminação indireta e dar destaque a cortina.A imagem pode conter: área interna

Na foto nosso projeto Travelin possui trilho fixado na parede e coberto.

Foto: Sidney Doll

 Quando não é possível a colocação do forro de gesso, usamos um trilho suíço afixado na parede que possibilita que o tecido role a frente do trilho, escondendo-o completamente.

 

Misture e crie!

Uma forma de inovar e fazer a cortina se transformar num elemento de destaque na decoração é criar uma composição com dois tecidos em sua construção, uma barra com tecido diferente do restante da cortina pode criar composições elegantes e de muito bom gosto.

A elegância da barra alta - Uma proposta pouco convencional foi adotada pelo designer Paulo Rossi, da Interiores Confecções, para fechar o vão de 4 m de largura por 2,70 m de altura da janela de sua sala: barra dupla de 60 cm de altura e de cor diferente do restante da cortina. “Repeti ali o tom da parede, que é neutro e não interfere na decoração”, afirma. No barrado, ele usou linho sintético, enquanto o resto da peça é de xantungue misto de seda e poliéster. “São duas texturas diferentes.

Fonte: Casa.com.br 

As pregas e os tecidos devem ser escolhidos a dedo

Quando buscamos por cortinas mais marcadas e volumosas, devemos ter em mente que o tecido deve ser hábil a reproduzir essas formas. Indicamos para este caso padrões menos robustos e leves aliados a pregas  como a Americana e a Franzida.

Nos casos onde se procura por co

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Fonte:https://www.isabellelima.com/

rtinas mais discretas e delicadas, indicamos tecidos mais rígidos e encopados que são mais moldáveis para tenham formas mais marcantes aliadas a pregas  como a Wave, Fêmea e a Macho.

Fonte: http://essaseoutras.xpg.uol.com.br

 

Não há regras fixas é claro, mas é interessante entender essa relação para não se frustrar com resultados fora do imaginado.

 

A tendência do veludo.

Ainda pouco utilizado em ambientes de interiores, o veludo é um coringa na hora de decorar, tecido robusto e belíssimo que carrega personalidade e classe ao ambiente, é uma tendência e nós amamos!

Foto: Ricardo Fabri

 

Tome cuidado com certos tecidos

Os linhos são os queridinhos de muitos, tem acabamentos e cores delicadas que combinam com praticamente todo projeto, mas há uma ressalva importante que deve ser observada sobre este tecido: ele tende a encolher após a lavagem.

Mas não se apavore por que tudo neste mundo tem seu jeito, na hora de mandar fazer a sua cortina, deixe um tecido extra na barra, se ela encolher é possível soltar o tecido excedente e restaurar o comprimento original da cortina.

43

Fonte: https://www.decorfacil.com/

 

_Gostaram de nossas dicas? Deixem seus comentários abaixo!

_Equipe B. Fabri

 

Deixe um comentário