Loading
set 14, 2017

ArtRio e IDA 2017

Arte. arte e Arte!

A cidade maravilhosa reverbera ainda mais  beleza, arte e design com a amostra ArtRio e a Feira de Design e Art – IDA que acontecem entrem os dias 13 /09 e 17/09.

Nós que somos apaixonados por novidades, não poderíamos deixar de conferir as obras apresentadas, então blog mostraremos uma seleção com nossos favoritos!

 

Jorge Mayet

Fonte: http://www.faithistorment.com

Fonte: http://dasartes.com.br/

As árvores de Jorge Mayet foram produzidas em tecido, papeis, arame e acrílico.

As obras são uma metáfora de sua vida, uma forma de expressar que tal como uma árvore replantada, ele foi retirado de suas raízes.

Ronald Sasson

Poltrona Nin, de Ronald Sasson, de aço inox

Fonte: http://eleoneprestes.com

A poltrona inova em material e forma, construída completamente em inox, muito bom gosto!

 

José Patricio

Sem título

Fonte:https://nararoesler.art/

As pinturas de José Patrício Expansão Progressiva I e II trabalham a forma geométrica em comunhão com a cor a fim de criar sensação de espacialidade a obra.

Amélia Toledo

Fonte:http://www.bolsadearte.com

A obra Bambuí da artista Amélia Toledo é destaque por sua beleza, uma longa bobina de inox espelhado reflete as pedras colocadas ao chão de forma que o metal deforma sua imagem no reflexo.

Paulo Moreira

Mesa Square Bull designers Paulo Moreira e Rodolpho Maiel galeria Mobipallet

Fonte:http://eleoneprestes.com/

O arquiteto e fotografo desenvolveu uma linha de móveis para a Mobipallet, a mesa acima explora as possibilidade do cimento colorido, os pés são feitos em Feijó

 

Guilherme Wentz

Fonte: http://eleoneprestes.com/

Somos fãs do Guilherme Wentz, esse designer brasileiro premiado desenvolve peças incríveis de design autoral com extremo bom gosto, em sua nova linha ” Solitários”  desenvolvida para a marca Novo Ambiente criou vasos que funcionam como a continuação da planta inserida com versões de piso e parede.

Flávio Cerqueira

flavio cerqueira, tião, casa triangulo, escultura, sculpture

Fonte:http://flaviocerqueira.com/

A obra Tião traduz uma dura crítica social, reflete a dura realidade da criança marginalizada no país, a falta de oportunidade e o questionamento do papel da arte no desenvolvimento do indivíduo. A escultura mostra um menino encapuçado e com as mãos presas que olha atencioso para as telas que estão a sua volta.

Gostaram das dicas? Deixem seus comentários!

-Equipe B.Fabri

Deixe um comentário